Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Profissional Moderno

Profissional Moderno

21
Jun20

Ainda compensa investir na carreira de gestão de projetos?

Luís Rito

A eterna pergunta de alguém que está prestes a investir longas horas em aprender uma nova skill. Será que compensa todo o esforço que estou a colocar neste objetivo? Será o caminho certo? Muitas pessoas fazem esta pergunta a elas mesmas, e os futuros gestores de projeto não são exceção. Afinal de contas, ainda existe mercado para esta profissão? Irá esta proliferar ou o futuro reserva-nos algo bem diferente? Enquanto escrevo este artigo, cada vez mais o universo agile ganha terreno face a gestão de projetos tradicional. Em estruturas e metodologias agile, o gestor de projeto perde um pouco a sua relevância, sendo esta figura substituída por uma espécie de Team Leader/Scrum Master. A estrutura das equipas também é bem diferente, o grande objetivo passa por assegurar equipas multidisciplinares que sejam self-managed, ou seja, que se organizem espontaneamente de forma natural, sem necessidade que exista uma figura a orquestrar o trabalho. Toda a equipa acaba por fazer esse trabalho de orquestração. Se assim o é, espera-se que esta tendência roube muitos postos de trabalho que outrora pertenciam aos gestores de projeto certo?

 

Apesar do que referi no parágrafo acima, deixo já a minha opinião, acredito que pessoas com excelentes competências em gestão de projetos vão continuar a dar cartas no mercado. O PMI (Project Management Institute) lançou um estudo que estima que por volta do ano 2027, vão existir certa de 87.7 milhões de vagas disponíveis para funções relacionadas com gestão de projetos. Isto deve-se em grande parte a um aumento considerável de empregos relacionados com projetos nos últimos anos. Para além disso, existe toda uma geração de gestores de projeto que se vai reformar, abrindo espaço para os profissionais que estão no ativo. A realidade é que se te deres conta, nos últimos anos as empresas começaram a aprender qual o valor dos projetos. Na minha opinião cada vez mais empresas entendem que os projetos são o principal meio para atingir os seus objetivos estratégicos e para trazer inovação. Felizmente os projetos proliferam nas empresas, o que significa que o número de profissionais envolvidos nestes também tem que aumentar. Segundo o mesmo estudo do PMI, por ano espera-se que exista uma procura de cerca de 2.2 milhões de cargos relacionados com projetos. Deixo-vos uma nota, este gap que existe e que vai continuar a existir refere-se a profissionais com capacidade de trabalhar em ambiente de projeto. Quero com isto dizer que neste bolo podem estar incluídos gestores de projeto, scrum masters, agile coaches, team leaders, portfolio managers, program managers, PMO managers e muito mais. Um bom gestor de projetos tem uma grande probabilidade de se tornar também um bom team leader ou um bom scrum master, já que muitas das competências podem ser facilmente transferidas de um role para outro. Não é necessário ter receio de abraçar o mundo Agile, aliás, diria que é fundamental pois em certos sectores como o IT é cada vez mais adotado.

Outro fator a favor da profissão é a variedade de indústrias em que se insere. Algumas das indústrias com maior necessidade de gestores de projeto são por exemplo o sector da construção e do IT, mas diria que hoje em dia existem projetos em praticamente todas as indústrias.

 

workflow

 

Para além de que se estime que a procura continue a aumentar, a carreira de gestão de projetos oferece-te algo único, a possibilidade de criar. O grande objetivo dos projetos é entregar algo que a empresa ainda não tem, algo único no contexto da organização. Se este tipo de desafios te agrada, e se tens vontade de aprender sobre uma grande variedade de temas, então vais adorar a gestão de projetos. Ao longo de uma carreira é possível que um profissional nesta área venha a aprender sobre várias indústrias e sobre dezenas de processos, produtos, tecnologias, etc. A aprendizagem contínua tem que estar nos genes das pessoas que sigam uma carreira em gestão de projetos. Para além disso, é uma profissão que coloca em prática um vasto leque de competências. Desde a capacidade de planeamento, negociação, liderança, gestão do tempo, gestão do risco, capacidade de execução, controlo financeiro e forte capacidade de comunicação são só algumas das competências que um excelente gestor de projetos deve ter.

 

Para quem vai investir numa aprendizagem em gestão de projetos, o caminho pode parecer longo, mas garanto-te que é quando estiveres a gerir projetos no terreno que vais aprender mais. É claro que os conhecimentos técnicos são fundamentais, esses tens que os aprender, mas considero que são as soft skills que fazem um gestor de projeto de alta performance. Se fosse fácil todos aqueles que aprendessem tecnicamente a gerir projetos seriam altamente bem-sucedidos, o que infelizmente não é o caso. Isto porque não nos podemos esquecer que quem executa os projetos são pessoas e não o processo em si. Claro que as boas práticas vão sem dúvida ser uma ajuda, e é por isso que são reconhecidas como boas práticas, mas no final, a equipa ou te escolhe seguir ou não te escolhe seguir, e se não te seguir vais ter imensa dificuldade em levar o projeto a bom porto.

 

Em jeito de conclusão, e respondendo à pergunta inicial, na minha opinião continua a compensar muito investir numa carreira de gestão de projetos. Os verdadeiros profissionais nesta área são uma minoria e vão continuar a ser muito procurados para a gestão dos projetos mais críticos e complexos das organizações. Se tivesse que investir novamente numa carreira não iria pensar duas vezes :).

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Livro Liberdade Financeira

Livro PMP Questions to Conquer the Exam