Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Profissional Moderno

Profissional Moderno

15
Jan20

Qual o truque para ficar em forma?

Luís Rito

Olá a tod@s!

 

Se bem se recordam, tinha-vos prometido que iria abordar três temas principais no blog, gestão de projetos & produtividade, finanças pessoais e fitness & bem-estar. Hoje quero falar-vos do terceiro tema, o fitness, já que tem sido uma constante na minha vida nos últimos 15 anos. Pessoalmente gosto bastante de praticar musculação, fi-lo durante muitos anos em ginásios públicos, mas de há uns 4 ou 5 anos para cá faço-o na minha própria casa. Pois é, houve um dia em que decidi adquirir algum material, e dar uma oportunidade ao treino a partir do conforto na nossa própria casa. Se por um lado nos faz pensar que é uma grande vantagem porque podemos treinar sempre que quisermos, por outro lado obriga a algo que considero fundamental para quem quer ficar em forma, a consistência.

 

Treinar deu-me algo que passei a aplicar na minha vida profissional e também pessoal, deu-me a capacidade de ser consistente. Depressa percebi que se não fosse consistente não iria obter os resultados que tanto desejava. Praticar musculação é muito ingrato, podes estar anos a treinar para estares em forma, e em poucas semanas estragar tudo se não fores capaz de manter a consistência. O mesmo se aplica à forma como te alimentas. A partir do momento que começas a ingerir calorias vazias como se não houvesse amanhã podes dizer adeus há tua boa forma física. 

 

Dito isto, qual é então o segredo para ficar em forma e para perder peso? Suspeito que alguns de vós vão ficar desiludidos com a minha resposta, mas o segredo não são treinos nem dietas especiais. O segredo é realizares as coisas básicas, as fundações, e fazê-las todos os dias! É por isso que discordo totalmente de algumas dietas que vemos por aí, já que a maioria delas te coloca em déficits muito grandes de calorias e de hidratos de carbono, o que não é sustentável no médio prazo. O mesmo se aplica aos treinos. Por vezes acho que os personal trainers têm que inventar novos treinos para justificar a sua função, e para tentar complicar aquilo que é na verdade bastante simples. Os exercícios são os mesmos à muitos anos, por mais voltas que dês os treinos mais eficazes continuam a ser aqueles que se suportam nesse tipo de exercícios. Ao longo do tempo vou partilhar convosco alguns destes exercícios que considero fundamentais para uma excelente forma física.

 

A outra variável que deves ter em conta é uma correta alimentação. Dietas radicais não te vão ajudar, podem ser espetaculares para servir de motivação e perderes uns belos Kg´s em pouco tempo, mas a médio/longo prazo necessitas de algo mais sustentado. Carnes brancas, vegetais e alimentos integrais costumam ser uma excelente forma de começar. Deves também ao máximo tentar cortar 3 produtos brancos que são prejudiciais para a tua saúde, o açucar, o sal, e a farinha de trigo (presente em múltiplos alimentos). Para o bem da tua saúde mental, reserva um ou dois dias da semana para comeres alimentos que adoras e que não se encaixam completamente na definição de saudável. Por exemplo, eu tento ao máximo durante a semana seguir uma alimentação muito cuidada, para depois ao fim de semana poder comer mais à vontade. Como faço bastante exercício físico posso-me dar a esse luxo :).

 

Fitness

 

Como em qualquer objetivo que tenhas, fazer um plano é sempre algo acertado. Nesse sentido, deves definir objetivos para ti mesmo, por exemplo, perder 0,5Kg por semana. Em média necessitas de queimar cerca de 7700 calorias para perder um Kg, portanto, se o teu objetivo é de perder 0,5Kg por semana, necessitas de queimar cerca de 3850 calorias por semana, ou 550 calorias por dia. O que isto significa é que tens que ter um déficit de calorias diário, ou seja, deves gastar mais do que consomes. A forma ideal de o fazeres é teres alguma espécie de aparelho (relógio por exemplo) que te calcule o teu dispêndio diário de calorias (o que o teu corpo gasta num dia, mesmo sem fazer exercício), ao qual deves somar calorias gastas a realizar exercício físico. Finalmente, resta-te subtrair as calorias que ingeres todos os dias sob a forma de comida. Feitas as contas o objetivo é que o resultado seja um valor positivo, e quanto maior for, maior será o teu déficit de calorias. É mais fácil do que parece. Brevemente vou-te fazer um guia com imagens.

 

Caso não tenhas um relógio também podes utilizar uma calculadora de calorias, que te indica aproximadamente quais as calorias que o teu corpo queima por dia (sem fazer exercício), o que é chamado também de Basal Metabolic Rate. Vê este link para descobrires o teu.

 

Quero com isto dizer que perder peso não é nem deve ser uma ciência altamente complexa, na realidade é bastante simples, tudo se resume a ter consistência na prática de exercício físico e consistência na forma como te alimentas.

 

Por hoje é tudo, caso tenhas dúvidas ou perguntas fala comigo, estou disponível para ajudar.

 

Até à próxima

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Livro Liberdade Financeira

Livro PMP Questions to Conquer the Exam