Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Profissional Moderno

Profissional Moderno

13
Fev21

Rotina diária de um madrugador

Luís Rito

Hoje trago-vos um post um pouco diferente. Quem acompanha este blog com alguma regularidade, sabe que sou um grande adepto de retirar o máximo das manhãs, para mim é a melhor altura do dia (e a mais produtiva). Não quero que pensem que sou só mais um que vos diz: "façam o que eu digo, não façam o que eu faço". Se recomendo que aproveitem as manhãs, é porque eu próprio aplico isso na minha rotina do dia-a-dia. Como tal, nada melhor que dedicar um post a mostrar-vos como são as minhas manhãs. Acredito que bons hábitos repetidos todos os dias nos permitem chegar mais longe e atingir um nível superior enquanto pessoas. É por isso que, o que te mostro, aplica-se a todos os dias da minha semana, de segunda-feira a sexta-feira. Ao fim-de-semana altero um pouco a rotina, mas lá chegaremos. Ah, e mais um ponto, esta rotina apenas é possível porque estou em teletrabalho, quando necessitava de me deslocar para o local de trabalho as coisas eram um pouco distintas, afinal, temos de ter a capacidade de nos adaptarmos.

 

22h30

Pois é, uma boa rotina matinal começa sempre na noite anterior. No meu caso, necessito de umas sólidas 7h de sono, e é por isso que por volta das 22h30 começo o meu ritual antes de ir dormir. Para mim, ler um bom livro é uma excelente forma de relaxar e preparar-me para dormir. Um ambiente silencioso e escuro ajuda o meu corpo a entrar em modo "sonolento". Normalmente utilizo o meu iPad para ler, seja um livro comum seja um resumo (adoro a aplicação de resumos blinkist). Muito importante, utilizo sempre o modo escuro no iPad, muita luz faz-me ficar desperto, que é exatamente o que não pretendo. Por volta das 23h, desligo e normalmente adormeço quase instantaneamente :).

 

iPad.jpg

 

6h00

Pelas 6h, o meu despertador toca (embora na maioria das vezes já esteja acordado). Quando mantemos uma rotina de sono regular, o nosso organismo habitua-se, e para a grande maioria de nós, o despertador passa a ser algo quase dispensável. Digo quase, porque temos sempre aqueles dias em que o nosso corpo teima em dormir mais e não acordamos de forma natural. No despertador, nada de botão snooze, aliás, nem tenho essa funcionalidade ativa. É nesta fase que é preciso combater aquela vontade que por vezes temos de ficar mais 5m na cama e levantar-mo-nos de imediato. Garanto que custa menos. Do que adianta ficar mais 5m? Isso não te vai ajudar a descansar mais, portanto, nada de fazer ronha.

Depois de lavar a cara, avanço para o meu pequeno-almoço express. Encho um copo com água para compensar a desidratação que sofro enquanto durmo, e como a minha aveia com proteína. Isto dá-me energia para o que sei que vem a seguir, o meu treino diário. Enquanto tomo o pequeno-almoço aproveito para acordar o meu corpo, portanto levo o meu tempo. Gosto também de dar uma olhadela nas notícias.

 

6h30

Por volta das 6h30 começo o meu treino de musculação. Desde há vários anos que o faço em casa, fui comprando algum material, e agora consigo fazer treinos 100% eficazes no conforto do lar. Confesso que esta parte continua a ser das mais difíceis. Esqueçam aquela história que fica mais fácil com o tempo. Todos os dias são um desafio, e todos os dias temos que vencer a vontade de não fazermos nada. Como ajuda, penso sempre no que me acontece depois de treinar (sentir-me muito bem!), apesar de o início ser sempre penoso, principalmente naqueles dias frios de inverno. Acho que o segredo passa por construir o hábito, desta forma acabamos por fazer aquilo que sabemos que temos que fazer, ainda que não tenhamos motivação para o fazer. Consistência é sempre superior a motivação!

 

7h10

Depois do treino gosto de fazer uma chávena de chá verde enquanto me preparo para trabalhar. Enquanto a água aquece, inicio a minha tarefa diária de dedicar 30m do meu dia a ler (que depois completo de noite). É também nesta altura que preparo o meu snack da manhã (frutos secos e uma barra de proteína). Normalmente faço tudo isto até o relógio dar as 7h30, altura em que começo a trabalhar.

 

7h30

A partir desta hora, pode acontecer uma de duas coisas. Caso esteja a passar por uma altura dura no meu trabalho, começo de imediato a realizar tarefas que me ajudem a recuperar. Os dias são sempre cheios de reuniões, portanto esta altura mais calma é ótima para realizar trabalho onde preciso de concentração. Se por outro lado, as coisas andam tranquilas no emprego, dedico uma hora ao meu blog, nomeadamente a escrever ou a pensar em novos tópicos. Sei que para mim as primeiras horas da manhã são preciosas, e é por isso que tento aproveitá-las ao máximo. Existem outras pessoas que funcionam de forma diferente, e é de noite que são ultra-produtivas, quando todos estão a dormir.

 

8h30

Normalmente é por volta desta hora que começo a trabalhar em atividades relacionadas com o meu emprego (a menos que as coisas estejam duras, e nesse caso já comecei pelas 7h30). Gosto de organizar o meu dia antes das 9h, o que faz com que a partir dessa hora consiga começar a trabalhar a 100%.

 

Mas e se não estiver em teletrabalho?

 

Agora é aquela altura em que me dizem, ah e tal, boa rotina matinal, mas eu não tenho a sorte de estar em teletrabalho. Nesse caso, o truque passa por adaptar a rotina. Desde que trabalho tenho conseguido de uma forma ou de outra manter as minhas rotinas de treino. Já fiz várias alterações pelo caminho. Treinos de manhã, treinos de tarde e treinos durante a hora de almoço. O que posso afirmar a 100% é que se é algo que queres fazer, vais arranjar forma de o fazer, de uma forma ou de outra. Uma semana tem 168h, é muito tempo. Estaremos assim tão ocupados que não arranjamos 5h dessas 168h para por exemplo fazer algo que nos atrai? É 3% do tempo! Como sou uma pessoa da manhã, o meu segredo tem sido fazer essas atividades nesse período, porque dependem inteiramente de mim e não de fatores externos. Ao final do dia podemos estar cansados, sem energia, podemos ter um dia em que precisamos de ficar até mais tarde no escritório, etc. Portanto para mim tudo se resume a acordar cedo. Algo que estou a ponderar, é aumentar a fasquia e passar a acordar pelas 5h, já que me deixa mais tempo para tudo o que quero fazer.

Outra ideia, se a ida e volta para o teu emprego te consome muito tempo, aproveita para ler ou ouvir audiobooks. É uma excelente forma de te manteres atualizado.

 

E ao fim-de-semana?

 

Os fins-de-semana são um pouco diferentes. O facto de acordar todos os dias muito cedo faz com que ao fim-de-semana também acorde cedo. A grande diferença é que faço tudo de uma forma mais relaxada. O pequeno-almoço é mais demorado e o treino também. Depois disso, tanto posso ir trabalhar em algum projeto pessoal como fazer outra das 1000 coisas que todos fazemos ao fim-de-semana :). Estes dias devem servir para descansar, para pensar/pôr as ideias em ordem e passar tempo de qualidade com a família. Aproveita-os!

 

E tu? Qual a tua rotina? És um galo da manhã ou um mocho?